Tensao_Arterial_Frequencia_CardiacaESTEJA ATENTO AOS SINAIS EM SUA CASA…

NÓS AJUDAMO-LO A SABER SE ESTÁ A VIVER SOB UMA GEOPATIA

Um estudo publicado no “Jornal Indiano de Ciência e Tecnologia” relaciona as zonas de stress geopático com variações na pressão arterial e na frequência cardíaca. Este estudo mostra-nos que as pessoas que se encontram expostas a zonas geopatogénicas podem sofrer sinais de fadiga, esgotamento, depressão, nervosismo, dores de cabeça, formigueiros nos braços e pernas, assim como degradação do sistema imunitário.

Estes sintomas são muito comuns em várias das doenças desensibilização central; como tal, deve verificar-se se as pessoas afectadas por tais doenças se encontram expostas a zonas de stress geopático. Os cientistas expuseram os participantes, no estudo, a apenas 20 Minutos, obtendo já com este curto espaço temporal mudanças significativas tanto na pressão arterial como no ritmo e frequência cardíaca. Desta forma, os cientistas referem que pessoas que tenham tempos de exposição mais longos podem vir a padecer de doenças mais graves.
Historicamente, tem sido demonstrada a relação directa entre a Radiação Natural e certas doenças como a Fibromialgia, Síndrome de Fadiga Crónica, Sensibilidade Química Múltipla e com evolução tecnológica a Electrosensibilidade.
Relaciona-se, por vezes, também com outro tipo de doenças auto-imunes e cancros, sendo que por falta de meios financeiros ainda não se levaram a cabo investigações que ajudem a esclarecer a origem de tais doenças.

VEJA MAIS EM:
http://www.indjst.org/index.php/indjst/article/view/29644/25618
http://www.habitatsaudavel.com/#!definicao-de-geopatia/c6i6